Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Programas e Projetos
Início do conteúdo da página

Programas e Projetos

publicado 01/06/2015 16h41 | última modificação 28/09/2021 19h23

A Política de Programas e Projetos de Ensino do Instituto Federal do Maranhão se constitui em um conjunto de diretrizes para implementação e desenvolvimento de ações de Ensino, articuladas à pesquisa e extensão, contribuindo para o processo de formação integral dos estudantes.

Resolução CONSUP N° 18/2021 – Aprova a Política de Programas e Projetos de Ensino do Instituto Federal do Maranhão

Instrução Normativa Prenae N° 01/2021 – Estabelece os procedimentos para implantação, execução e acompanhamento de Projetos de Ensino conforme Resolução N° 18, de 7 de junho de 2021.

Ensino-Aprendizagem Inovadores

Diz respeito a iniciativas capazes de gerar mudanças e melhorias no ensino e aprendizagem, e transformações pedagógicas em nível qualitativo. Entende-se por inovação a introdução de novidade ou aperfeiçoamento no ambiente produtivo e social que resulte em novos produtos, serviços ou processos ou que compreenda a agregação de novas funcionalidades ou características a produto, serviço ou processo já existente que possa resultar em melhorias e em efetivo ganho de qualidade ou desempenho. Nesta perspectiva, entende-se que inovar não é, necessariamente, fazer algo inédito e mais complexo, mas, sim, fazer diferente. Compreender um processo e pensar em como aperfeiçoá-lo. Sendo assim, no Eixo Temático Estratégico Ensino-Aprendizagem Inovadores, poderão ser contemplados projetos que visem:

  1. a) o desenvolvimento, o aprimoramento ou a adequação de metodologias de ensino capazes de despertar o interesse dos estudantes e que favoreçam a aprendizagem;
  2. b) o desenvolvimento, o aprimoramento ou a adequação de metodologias de ensino para apoio pedagógico especializado (atendimento ao público específico);
  3. c) a elaboração de materiais didáticos e objetos de aprendizagem para repositório institucional;
  4. d) a criação, o aperfeiçoamento ou a adaptação de materiais didáticos para o ensino aprendizagem;
  5. e) a vivência com atividades voltadas ao empreendedorismo e a relação com o mundo do trabalho;
  6. f) a socialização e a integração dos estudantes com os pares e comunidade acadêmica;
  7. g) o resgate de conhecimentos, recuperação paralela de conteúdos, planejamento e orientação de estudos;
  8. h) a elaboração de materiais didáticos e objetos de aprendizagem voltados à Educação de Jovens e Adultos articulada à Educação Profissional e Tecnológica (EJA/EPT) para repositório institucional;
  9. i) o desenvolvimento, o aprimoramento, ou a adequação de metodologias de ensino para apoio pedagógico específico que a tenda à EJA/EPT;
  10. j) práticas interdisciplinares e de integração curricular; e
  11. k) atividades de ensino articuladas à pesquisa e extensão.

Esporte e Lazer

O esporte e o lazer, no contexto do ensino, são fatores de desenvolvimento humano, contribuindo na formação integral dos estudantes e na melhoria da qualidade de vida do conjunto da sociedade, sendo componente fundamental de autoafirmação, na formação da identidade pessoal e atuando como fator de unidade em nossa diversidade cultural. Ou seja, o esporte e o lazer são partes indissociáveis do desenvolvimento integral do ser humano. Sendo assim, poderão ser contemplados no Eixo Temático Esporte e Lazer projetos que visem:

  1. a) incentivar a participação dos estudantes em atividades lúdicas e desportivas;
  2. b) a integração dos estudantes entre si e com a comunidade escolar;
  3. c) o desenvolvimento de ações de intercâmbio entre estudantes de mesmo campus ou multicampi;
  4. d) proporcionar o desenvolvimento físico e social dos estudantes;
  5. e) a realização de treinamentos, jogos, eventos voltados para o desenvolvimento de habilidades esportivas e sociais entre os estudantes;
  6. f) o acolhimento individual e ações de cunho motivacional voltados para os estudantes da EJA/EPT; e
  7. g) outras ações que envolvam a prática esportiva e de lazer entre a comunidade escolar.

Ensino, Arte e Cultura

Compreende-se como Ensino, Arte e Cultura a integração de temáticas contempladas nas unidades curriculares e assuntos pertinentes ao desenvolvimento e necessidades culturais da comunidade escolar no contexto das dimensões simbólica, cidadã e econômica, de modo a contribuir para a ludicidade no aprendizado, a inclusão de estudantes de realidades de vulnerabilidade social e a acessibilidade cultural de pessoas com deficiência, fomentando as suas potencialidades culturais e a formação profissional por meio da cidadania cultural; estimulando a criatividade e promovendo a produção, difusão, proteção e fruição da diversidade cultural, o intercâmbio, a formação e a capacitação em cultura. Sendo assim, poderão ser considerados no Eixo Temático Ensino, Arte e Cultura, projetos que visem:

  1. a) proporcionar vivências compatíveis com temas e cenários artísticos e socioculturais;
  2. b) a produção de material didático voltado à arte e cultura;
  3. c) a criação de conteúdos digitais na área de arte e cultura;
  4. d) a observação, a análise ou a identificação de patrimônio e memória cultural;
  5. e) a abordagem artístico cultural das vivências dos estudantes da EJA/EPT;
  6. f) o desenvolvimento de conteúdos curriculares através da utilização de elementos artístico-culturais como a música, dança, teatro, vídeo, pintura, cartoon ou outra manifestação artística cultural proposta.

Tecnologia e Ensino

Pensar sobre as tecnologias aplicadas ao ensino-aprendizagem contempla o refletir sobre as práticas pedagógicas e em como com o apoio de determinados instrumentos, pode-se facilitar e aprimorar o processo de ensino-aprendizagem, compreender como a utilização de tecnologias e ferramentas pode servir como uma prática para quebrar os paradigmas no processo de ensino-aprendizagem proporcionando ao estudante novas possibilidades de interação com o conhecimento e tornando-o mais ativo em seu processo de aprender. A tecnologia no ensino propicia para estudantes e professores, uma nova forma de ensinar e aprender, integrando valores e competências nas atividades educacionais. Diante deste panorama, poderão ser considerados no Eixo Temático Tecnologia e Educação, projetos que visem:

  1. a) a promoção da inovação tecnológica como recurso para compartilhar com a comunidade a produção didática da instituição;
  2. b) a construção, a adequação ou o aprimoramento de ferramentas para o ensino aprendizagem;
  3. c) a inserção dos estudantes e professores na utilização de ferramentas, plataformas e/ou

outras tecnologias voltadas para o ensino-aprendizagem;

  1. d) a familiarização do estudante d a EJA/EPT com as linguagens e tecnologias atuais; e
  2. e) o desenvolvimento de aplicativos, softwares e/ou ferramentas para o ensino de conteúdos específicos.

Acesso, Permanência e Êxito

O acesso, a permanência e o êxito apresentam-se como aspectos fundamentais para a democratização do direito à educação, em que o espaço educativo possa se tornar um lugar para o exercício democrático. Diante disso, entende-se que as instituições de ensino, precisam pensar e executar ações preventivas, discutindo e mostrando caminhos para enfrentamento de problemas que impeçam o desenvolvimento da ação educativa em sua plenitude. Sendo assim, poderão ser contemplados no Eixo Temático Acesso, Permanência e Êxito projetos que:

  1. a) promovam ações de divulgação do IFMA junto a instituições ofertantes do ensino fundamental segunda fase e ensino médio;
  2. b) promovam ações de inclusão e sucesso no desempenho acadêmico, como: reforço escolar, acompanhamento escolar, retomada de conteúdos dentre outros;
  3. c) apresentem propostas pedagógicas voltadas para a permanência e êxito;
  4. d) promovam o resgate de conhecimentos, recuperação paralela de conteúdos, planejamento e orientação de estudos para estudantes da EJA/EPT;
  5. e) discutam os aspectos relacionais entre estudantes e seus familiares;
  6. f) estabeleçam a articulação com empresas visando a empregabilidade futura e a relação direta com o mundo do trabalho; e
  7. g) proporcionem o acompanhamento e inclusão de estudantes que apresentem alguma dificuldade, quer seja de aprendizagem, social ou de outra natureza.

Em construção

Pronera

O Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera) propõe e apoia projetos de educação voltados para o desenvolvimento das áreas de reforma agrária.

Mais informações: https://antigo.incra.gov.br/pt/programas-e-acoes-categoria/96-programa-nacional-de-educacao-na-reforma-agraria-pronera.html

Procampo

Programa de Apoio à Formação Superior em Licenciatura em Educação do Campo tem o objetivo de apoiar a implementação de cursos regulares de Licenciatura em Educação do Campo nas Instituições Públicas de Ensino Superior de todo o país, voltados especificamente para a formação de educadores para a docência, na segunda fase do ensino fundamental (quatro anos finais) e ensino médio, nas escolas do campo.

Mais informações: http://portal.mec.gov.br/par/194-secretarias-112877938/secad-educacao-continuada-223369541/17439-programa-de-apoio-a-formacao-superior-em-licenciatura-em-educacao-do-campo-procampo-novo

Parfor

O Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) é uma ação da CAPES que visa induzir e fomentar a oferta de educação superior, gratuita e de qualidade, para profissionais do magistério que estejam no exercício da docência na rede pública de educação básica e que não possuem a formação específica na área em que atuam em sala de aula.

Mais informações: https://www.gov.br/capes/pt-br/acesso-a-informacao/acoes-e-programas/educacao-basica/parfor

PET

O Programa de Educação Tutorial (PET) é desenvolvido por grupos de estudantes, com tutoria de um docente, organizados a partir de formações em nível de graduação nas Instituições de Ensino Superior do País orientados pelo princípio da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão e da educação tutorial.

Mais informações: http://portal.mec.gov.br/pet

[/toggle]

Em construção

Fim do conteúdo da página